LimeiraPolitica

Em evento histórico, pessoas trans ocuparão a Câmara Municipal 

Atividade em alusão ao Dia da Visibilidade Trans terá simulação de sessão plenária com pessoas trans como vereadores e vereadoras 

 

O Dia da Visibilidade Trans, 29 de janeiro, será marcado por um evento histórico em Limeira. Pessoas trans ocuparão a Câmara Municipal para a “Plenária Municipal pelos Direitos das Pessoas Trans”. Será feita uma simulação de sessão plenária, em que 21 mulheres e homens trans atuarão como vereadoras e vereadores e promoverão debates e discussões acerca de suas vivências. A iniciativa é da vereadora Isabelly Carvalho, em parceria com a Escola Legislativa e Comissão de Direitos Humanos. O evento, que será aberto a todos os interessados, tem início às 19h. 

  

Serão discutidas proposituras, como requerimentos e moções, apresentados pelas vereadoras e vereadores trans. Também será feita votação simbólica de um projeto de lei de autoria da vereadora Isabelly Carvalho, que assegura o direito ao uso do Nome Social por travestis e transexuais na administração direta e indireta do município. Esses documentos serão posteriormente protocolados pela vereadora. 

  

Isabelly destaca a importância de promover a participação política das pessoas trans: “Sou a primeira vereadora trans de Limeira, mas não tenho a pretensão de ser a única; nós devemos ocupar todos os espaços que nos são historicamente negados, inclusive a Câmara Municipal”. A vereadora ainda afirma que o evento será uma oportunidade de ampliar o debate sobre as causas das pessoas trans. “As nossas vidas são muitas vezes marcadas pela invisibilidade, que acarreta nas mais diversas violências. O nosso sonho é poder viver uma vida plena, livre de preconceitos e violências, repleta de respeito e amor. 

  

De acordo com levantamento da Transgender Europe, entidade que monitora dados de instituições do mundo inteiro, o Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo. A expectativa de vida dessa população é de 35 anos. Para a vereadora Isabelly, é fundamental que existam políticas públicas de acolhimento e inclusão às pessoas trans, em especial voltadas à saúde, educação e empregabilidade. “É papel de todos e todas nós, enquanto sociedade, contribuir para que a realidade das pessoas trans seja diferente”, afirma. 

  

  

EXPOSIÇÃO 

No intervalo do evento, será inaugurada a exposição “Trans Ocupação”, no saguão do plenário “Vereador Vitório Bortolan”. A equipe de comunicação da Câmara Municipal produziu as fotos dos vereadores e vereadoras trans, que os visitantes do local poderão conferir ao longo da semana, até o dia 2 de fevereiro. A visitação é gratuita, das 8h às 18h.