DestaqueLimeira

Desenhos de filhos de coletores ilustram caminhões e celebram atividade dos pais 

A necessidade de mudança da identidade visual dos caminhões que coletam o lixo em Limeira despertou a proposta de um projeto de relevância social elaborado pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos. Idealizado pela chefe da Divisão de Resíduos Sólidos, a engenheira ambiental Isabela Giacon criou um concurso de desenho voltado para os filhos dos colaboradores do consórcio NP Limeira – empresa contratada pelo município para executar os serviços de coleta, transporte e tratamento do lixo no aterro sanitário. 

“A intenção foi a de despertar nas crianças um sentimento de importância e de valorização da atividade profissional dos pais”, explica Isabela. “Sabemos que os coletores, varredores, motoristas e os profissionais que atuam no nosso aterro exercem uma atividade invisível na sociedade”, observa. 

O projeto resultou na participação de 38 crianças. Os desenhos ilustram na visão delas o trabalho desenvolvido pelos pais. O material resultou em grafites que acabaram estampados nos caminhões – serviço custeado pela empresa. “A iniciativa foi muito positiva, e desperta também um caráter ambiental”, afirma o secretário de Obras e Serviços Públicos, Dagoberto Guidi. 

“Ouvimos a ideia da gestora junto à prefeitura, a Isabela, e acatamos na hora. Foi importante entender como as crianças observam o trabalho dos pais”, diz Helcio Bonet, gestor da NP. 

SORTEIO 

O concurso teve um encerramento, embora sem apontar um desenho vencedor. “O objetivo não era eleger um ou outro trabalho, mas sim fazer com que as crianças participassem do projeto”, diz Isabela. 

A empresa NP, porém, realizou o sorteio de cinco tabletes para premiar crianças que fizeram desenhos. O prefeito Mario Botion, Dagoberto e Isabela participaram do encontro ocorrido na garagem da empresa. O horário coincidiu com o encerramento de um dos turnos do trabalho de coleta e transporte. Os trabalhadores participaram. 

Além dos tabletes, a empresa fará a entrega de um quadro com a réplica do desenho para os pais das crianças que participaram do concurso. “Foi uma ideia maravilhosa e que contempla trabalhadores do serviço público que tem a maior aprovação no nosso governo”, afirma Botion.